Bem-vindos ao “Estórias de Bicharocos e Bicharada”, um blogue dos 7 aos 77 anos

domingo, 11 de janeiro de 2009

LisSecuritum



Oh, desculpem esta indelicadeza... o meu bocejo representa uma longa noite a guardar a bela cidade de Lisboa... há muitos invasores furtivos por aí. De noite rondam os ratos e ratazanas de esgoto que não param de esburacar as ruas da cidade, de dia são as malucas das pombas que andam sempre a bombardear as pessoas ... isto não é fácil!!

Acho que vou ter de iníciar um processo de recrutamento e formar mais gaivotas... acho que vou recorrer ao microcrédito e abrir uma empresa de segurança. Até já sei o nome... LisSecuritum!!!! Aí é que vai ser, eheheh, não haverá roedor e bombardeiro que resista à minha força de intervenção!
A minha empresa vai ser reconhecida nacionalmente e os serviços vão tornar-se indispensáveis para o bem estar da população... mas, agora vou mergulhar em busca de um belo pequeno-almoço e lavar a minha deslumbrante plumagem.
Olhem para o céu... eu andarei por lá durante o dia!

Texto de Sandra Marques - Blogues: Nas Asas dos Sonhos e Chocolate PB (Todos os direitos de autor reservados)

43 comentários:

xistosa - (josé torres) 12 de janeiro de 2009 às 03:37  

Diz o aforismo popular, que "Gaivotas em terra", tempestade no mar".
Como são inocentes, para não lhes chamar estúpidas ...

Então não vêem o mau tempo que está em terra, não só o físico como o político.
Depois, juntamente com as pombas infernizam-nos a vida.
para mais são muitos porcas ... não usam roupa interior, (calcinha) e deixam as assinaturas bem visíveis.
Entre gaivotas e pombas ... fujam que elas sujam tudo e não só ... a pedra dos nossos monumentos é porosa e são corroídos com os excrementos.

Mas a invasão foi tão grande que só há duas soluções.
O governo governar e criar um clima ainda pior e elas fugirem, ou mudar as cidades, para longe das costas ...

Ana 12 de janeiro de 2009 às 05:56  

Olá Leninha!
Acordei agora porque vou em serviço ao Porto da Figueira da Foz, e como é óbvio vou ter que sair mais cedo de casa, mas ainda dá tempo para ver as "novidades", eheheheh.
Deparo-me aqui com imagens fantásticas, a da gaivota a "bocejar" (pareço eu), eheheh, e as pombinhas na Estátua de D. Pedro IV no Rossio(cada vez devem ser mais, dá para imaginar!).
Pois é minha linda além das fotos estarem magníficas o texto de Sandra Lopes está uma maravilha, tudo perfeito. Adorei e gosto do nome que adoptaste LisSecuritum, uma força de intervenção "à maneira" eheheh.
Parabéns querida!
Um beijinho muito grande,
Ana Paula

Fatyly 12 de janeiro de 2009 às 12:04  

Que momento maravilhoso e como sabe bem vir aos blogues e ver cor, humor, e beleza.

Parabéns à Sandra pelo texto e a ti pelas fotografias.

Beijos sinceros

claras manhãs 12 de janeiro de 2009 às 12:09  

A isto chama-se estar no sítio certo à hora certa
sorriso
Um espanto a fotografia e o momento.
Texto divertido, irónico. Uma graça.

beijinho às duas

Carla 12 de janeiro de 2009 às 16:25  

que imagens fabulosas...e textos interessantes
parabéns à criatividade de todos
beijos e boa semana

Rui 12 de janeiro de 2009 às 17:57  

Bem miga ésta da Sandra se meter nas penas de uma gaivota propectora da cidade de lisboa, deixou me mesmo com um sorriso nos lábios,éstas mulheres não param ,sempre prontas para bélas fotos e bélos textos heheheh beijinho ás duas (ainda tentei imitar uma gaivota ,para adicionar ao texto mas sinceramente parecia mais um peru ok talvez o próximo bichinho seja mais fácil de imitar )

Valentim Coelho 12 de janeiro de 2009 às 19:23  

Olá,
essa gaivota parece estar a treinar o canto para se juntar a Plácido e Carreras na ópera... eh eh eh.
Bela foto,
Beijo

Nuno de Sousa 12 de janeiro de 2009 às 23:00  

Magnificas imagens para um texto cheio de ironia mas cheio de humor, mais um belo conjunto aqui neste fantástico blog.
Parabéns a ambas pela criatividade e arte no q faze. Bjs
Nuno

KrystalDiverso 12 de janeiro de 2009 às 23:20  

Oh, desilusão minha!!... Porque não posso eu copiar estas fotografias? Lindíssimas para "estragar" dando-lhes um pouco de minha alma dos outros em poemas da poesia do KrystalDiVerso!...
Oh desilusão!...
Ainda assim, obrigada por dar-me a oportunidade de ver tão lindíssimas fotos tão superiormente executadas.
Parabéns!

escolha entre... beijos e abraços

Adrian LaRoque 13 de janeiro de 2009 às 00:12  

Gostei imenso da foto da gaivota, muito bem apanhada.

Jorge Monteiro 13 de janeiro de 2009 às 10:11  

Olá Helena.
Duas excelentes fotos acompanhadas de fantásticos texto irónicos...
Isto é hilariante!!!
Parabéns pela criatividade e pelo trabalho.
Beijinho

Helena de Tróia 13 de janeiro de 2009 às 10:59  

Começa pelas pombas Gaivota! são uma praga!:-))

Multiolhares 13 de janeiro de 2009 às 20:42  

Sabes que todos os dias vejo gaivotas onde moro, mas faz-me muita pena pois diariamente os bicos estão assim abertos a pedir comida
beijos

Fernando Santos (Chana) 13 de janeiro de 2009 às 21:54  

Olá amiga...Belas fotografias...belo texto...Espectacular...
Beijos

Maripa 13 de janeiro de 2009 às 22:41  

Está lindo demais o "Estórias de bicharocos e bicharada"!
Belíssimas fotos e textos muito bem adaptados,cores alegres.

Parabéns,Helena. E, a todos que colaboraram,também.

Beijinho.

FERNANDA & ASTROLOGIA 13 de janeiro de 2009 às 23:29  

QUERIDA HELANA MARAVILHOSA FOTO AMIGA... QUE ENCANTO, DÁ VONTADE DE FICAR POR AQUI... UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

claras manhãs 14 de janeiro de 2009 às 01:03  

Helena

tenho um prémio para ti no meu canto

beijinho

Ferreira-Pinto 14 de janeiro de 2009 às 09:17  

Bom, devo dizer que estas estórias de bichos e bicharocos visuais são coisa digna de se ver.
Diria mesmo mais, de se admirar e contemplar.
Instantâneos de uma beleza sem par.
Parabéns.

Angela Ladeiro 14 de janeiro de 2009 às 10:42  

Uma grande foto e pelos vistos estamos todos de acordo! Fotogenica a gaivota e muito atenta a fotógrafa!

Bartolomeu 14 de janeiro de 2009 às 15:28  

A foto da gaivota está expressivamente deslumbrante!
O ecléctico título do texto, faz lembrar os centuriões Romanos do tempo do Asterix e do Obelix, o que nos remete para a luta (quase) interminável entre romanos e gauleses, sendo que no texto temos de atribuir o papel de gaulês, à gaivota e de romanos aos pombos e aos ratos. Contudo, ha que ter em conta um aspecto importante. Se a gaivota, ou seja, a gaulesa, ou melhor, a Sandra Marques, se empenhar demasiado no extremínio dos pombos e ratos, ou seja, dos romanos, pode estar a gerar a extinção da espécie, assim como a extinção da recem-pensada empresa de extermínio dos "inconvenientes".
;)))

Nilson Barcelli 14 de janeiro de 2009 às 18:29  

Ironia, bom humor e beleza.
Uma mistura inteligente, da qual resultou um post com a marca da excelência.
Parabéns cara amiga, mas tem cuidado por onde voas... não vá eu passar por debaixo de ti e sem chapéu...
Beijo.

KOSTAS 14 de janeiro de 2009 às 19:28  

The yawn is enormous!LOL
Marvellous post with beautiful pictures!

aa 14 de janeiro de 2009 às 22:33  

Olá Helena!
Mas que bocejo tão bonito desta gaivota...
Gostei do texto que acompanha estas duas excelentes fotos... cheio de bom humor e alguma ironia...
Beijinhos,

AA

pin gente 14 de janeiro de 2009 às 23:10  

a minha boca ficou mais aberta que a da gaivota! fantástico helena... assim, de boca aberta, pouco mais pouco dizer...
ainda digo mais uma coisita:
hoje muito me lembrei de ti e da tua macro (vi um passarito bebendo calmamente a água retida na curva de uma grande folha de cacto...)


uma vez mais parabéns à parceria.
beijos
luísa

Anónimo 15 de janeiro de 2009 às 13:59  

Lindo momento, belas fotos e bonito tezto, bjs

RT

Lenita Nabais 15 de janeiro de 2009 às 15:54  

Bela foto, excelente texto! Belo trabalho neste teu blog de encantar! Desta vez, Lisboa "on line"! Parabéns à fotógrafa e à escritora:-)

John 15 de janeiro de 2009 às 19:13  

Lovely captures, both!

Remus 15 de janeiro de 2009 às 20:55  

Antes fosse os ratos que esburacassem as ruas das cidades. Mas o buracos são feitos por outro animal, que dizem que é racional... :-)
Belas fotografias.
Mas a do bocejo está fenomenal. Quer a nível de momento como de tonalidades.
Muitos parabéns.

Sandra Rocha 15 de janeiro de 2009 às 23:25  

Pensei que era uma cantora de opera :)
Muito bem captada.
Beijos.

o que me vier à real gana 16 de janeiro de 2009 às 02:36  

Boa noite!

Soberbo!... É mais um blog k vale a pena. Parabéns!

isabel mendes ferreira 16 de janeiro de 2009 às 10:23  

bom dia H.



de plumas deslumbrantes....na maravilha de um olhar.


(obrigada)

Mariz 17 de janeiro de 2009 às 03:33  

Salvé Lena Paixão!
Que mimo de texto e imagens. Parece animado...visualizei toda essa descrições...e sorri.

Grata pelo comentário.
Infelizmente as mentalidades ainda continuam de pedra e cal...como se nada se passasse! Um comentáro já apaguei porque nem lendo o eor são capazes de não comentar ou então escrevem algo de jeiro!
MAs não a casmurrice fala mais alto!
Que cena!

Deixo um abraço de óptimo fim e semana...sem frio...senão a plumagem...fica no ar - em pele de galinha! . srsrr

Mariz

Kafia 17 de janeiro de 2009 às 16:48  

Q grandes fotos!
Belessimas!
Bom fim de semana ;)

mariam 18 de janeiro de 2009 às 19:45  

Helena,

uma BELEZA este post! a meestria das fotografias e o texto muito bom também! gostei!

boa semana
abraços e um sorriso (algo engripado, ainda!) :)
mariam

LGB 19 de janeiro de 2009 às 10:51  

Excelente momento o do bocejo! E uma magnífica foto!

Beijinho

Emanuel Azevedo 19 de janeiro de 2009 às 21:23  

Lindíssima fotografia, gostei muito, os meus parabéns! Recebe por favor um forte abraço das ilhas de bruma e continuação de boas fotos.

Gata Verde 20 de janeiro de 2009 às 23:40  

Adoro gaivotas e esta é o máximo porque parece estar a posar para a foto!!

beijos

tossan 21 de janeiro de 2009 às 01:17  

Helena, que espetáculo! Isto é uma obra de arte da natureza e tua. Bj

tr3nta 21 de janeiro de 2009 às 11:39  

spectacular seagull photo...

ana lucia 21 de janeiro de 2009 às 14:59  

Adorei a gaivota e a sua intervenção Helena.

Menina do Rio 22 de janeiro de 2009 às 01:13  

Há sempre o risco de uma bela cagada...fora os piolhos!

Um beijo pra ti querida!

xistosa - (josé torres) 22 de janeiro de 2009 às 02:52  

Hoje ao voltar aqui, até fiquei envergonhado com o comentário que por azar ficou no cucuruto.

Não falei na foto.
Mas com uma gaivota de bico aberto, mesmo junto a nós, até nos intimida.
Não conheço os termos técnicos da fotografia ... mas uma foto destas que até deu para arrancar duas penas á gaivota, o que posso dizer.
O recorte, a nitidez do pormenor, ou é a mesma coisa.

Se fosse uma foto vulgar é que me ia admirar e escrevê-lo-ia.

Agora num blog "profissional", penso que umas fotos como estas duas é uma normalidade normal. (a redundância é mesmo isso. Propositada).

Espero não ter sido mal interpretado.
mas a gaivota já nos ameaça com a crise ... já está de bico aberto.
(ainda que se veja que foi preparada para a fotografia ... olhos com sombras, pelo menos o que se vê, penas escovadas e alinhadas, palmilhas novas nos sapatos.
Bico bem tratado com Pepsodent e língua afiada para os maldosos.
Está muito bem "domesticada a gaivota".
Na outra foto, pombos de papos reluzentes em poses para a objectiva.
Agora digam-me que não tenho razão.

Até eu recrutava estes "passarocos ...

Um bem haja!!!

maria josé quintela 25 de janeiro de 2009 às 21:39  

soberba gaivota!

Fotografias © Helena Paixão

Textos e poemas © Autores referidos em cada ‘post’

Fotografias, textos e poemas protegidos pelo Código dos Direitos de Autor

Postais de Paixão no Flickr

www.flickr.com
Esse é um módulo do Flickr que mostra fotos e vídeos públicos de Helena Paixão (busy, busy). Faça seu próprio módulo aqui.

Receba as actualizações deste blogue

Introduza o seu endereço de e-mail aqui:


Powered by FeedBlitz

Bichinhos carpinteiros

Bichinhos à espreita

  © Blogger template 'The Lake' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP