Bem-vindos ao “Estórias de Bicharocos e Bicharada”, um blogue dos 7 aos 77 anos

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Este gato foi às filhóses


Tentou por aqui,
tentou acolá.
Não conseguiu nada,
voltou para cá.

Iriçou os bidodes,
cheirou o jantar,
enrolou o rabo,
fingiu ronronar.

Deitou-se no chão
perto da lareira.
Fechou um só olho,
pensava na ceia!

Sem fazer barulho,
ficou bem alerta.
Pronto a dar um salto
na horinha certa.

Não é por aí
que o gato lá vai!
Mas este é esperto
e não dá um ai.

Conta cada filhós
que na travessa cai.
Uma vai ser dele
ai isso é que vai!

E chegou a hora
de se escapulir.
Entrou na cozinha,
não estava a dormir!

Lá estão a filhóses
com cheiro a canela.
Lambuzou-se todo
e ninguém deu por ela!

E dizem-se as gentes:
Não é por aí... que o gato vai!
Mas a estas filhóses, este gato foi!


Texto de Luísa Azevedo - Blogues: banana ou chocolate? e Pin-Gente (Todos os direitos de autor reservados)

59 comentários:

Sandra Rocha 13 de fevereiro de 2009 às 23:27  

Agora estragaste tudo, ai como adoro bichanos :D faz-me lembrar o meu querido gato que já não o tenho :(
Tanto as fotos como o texto está uma maravilha :)

Um enorme beijo de amizade e um óptimo fds.

Nuno de Sousa 13 de fevereiro de 2009 às 23:28  

Mais um texto que nos encanta, lindíssimo e sempre cheio de criatividade... e as fotos deliciosas e que belas cores.
Mais um trabalho conjunto de grande qualidade e ambas estão de parabéns.
Bom fds
Nuno

pin gente 13 de fevereiro de 2009 às 23:35  

eheheh... isto pode até parecer mal, ser a 1º a comentar. uma gata foi miar lá para o meu quintal e o meu pêlo ficou iriçado. entrei aqui em pezinhos de lã.
desapareceram-me a filhóses!
o teu gato está com cara de quem as comeu de uma assentada.
olha como ficou com os bigodes sujos de canela!

não sou particularmente fã de gatos o que se torna um pouco problemático, porque eles costumam gostar de mim. numa feira de artesanato no parque da cidade, um gato vadio resolveu sentar-se no meu colo e ali ficou todo satisfeito. acabou por me cativar e dei por mim a enchê-lo de mimos. olha, foi um sarilho para me largar! eheheh
mas são só os gatos que miam que se sentam no meu colo... eheheh
estou para aqui a fazer conversa na esperança que alguém diga alguma coisa antes de mim.

agora o que realmente é importante:
as tuas fotos!!!
estão fantástica... tens olho de lince, cara amiga. o gato até parece que sabia que o estava a fotografar. a fazer pose! a dar-se à objectiva! o nuno que não se ponha a pau e ainda vai andar a atirar o pau (salvo seja!) ao gato.

um beijo enorme, lena
uma vez mais obrigada por teres acompanhado as tuas fotos com as minhas palavras. modéstia à parte ficou um conjunto bonito.
luísa

tossan 14 de fevereiro de 2009 às 01:03  

Os meus olho agradecem estas imagens. Lindas fotos e poema! Abraços

aflito o
silêncio
fim de noite
medita sob o céu
cinzento
a chuva
o que era
a pouco sol
que atrás
da cortina vê
e se cala

Anónimo 14 de fevereiro de 2009 às 01:05  

k lindos os bichaninhos
fotos muito lindas, parabens bjs
bfs

RT

FERNANDA & POEMAS 14 de fevereiro de 2009 às 01:44  

QUERIDA HELENA, FOTOS E POEMA MARAVILHOSOS... UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Cadinho RoCo 14 de fevereiro de 2009 às 10:56  

Os gatos criam seus próprios caminhos.
Cadinho RoCo

Fatima Condeco 14 de fevereiro de 2009 às 11:29  

esta combinaçao está uma maravilha :)

Fatyly 14 de fevereiro de 2009 às 11:42  

Que delicia de post.
As fotos lindissimas e o poema ahhh o poema como me encheu a alma:)

Beijos às duas

Ana 14 de fevereiro de 2009 às 12:19  

Realmente é uma delícia vir aqui ao teu espaço fantástico ver as tuas magníficas fotos e ler estes maravilhosos textos.
O gato está demais! Adorei tudo amiguinha Lena e acho que o meu Guga no próximo fim-de-semana vai adorar ver o gatinho.:-) O meu garoto adora gatos, talvez por ter estado numa ama e conviver com eles. Também tenho um branquinho para ele ver, mas o teu está fantástico!
O poema é lindo, com uma história bem bonita e quem sabe verdadeira, não me admirava nada. Até eu roubava uma "filhó" com o cheirinho a canela.:-)
Parabéns também para a Luísa Azevedo!
Como hoje é um dia especial (dia dos namorados) aproveito para desejar a ti e ao Nuno um dia muito feliz!
Beijinhos desta amiga de Aveiro,
Ana Paula

Remus 14 de fevereiro de 2009 às 18:08  

Após de ver estas fotografias, quase que mudei a minha opinião sobre os gatos. Mas continuo a preferir cães. :-)

As fotografias, como sempre, estão perfeitas, tanto a nível de composição como de tonalidades.
Parabéns.

Lenita Nabais 14 de fevereiro de 2009 às 21:56  

Lindo artigo, belas fotos e poema!O malandreco do gato está com um olhar muito expressivo! PARABÉNS, Leninha por esta "delícia" de trabalho!Parabéns também à poetisa! Bjs e abraços:-))))))

mariam 14 de fevereiro de 2009 às 23:54  

que lindo!
o bichano e as palavras!

parabéns Helena
parabéns Luísa

um grande abraço às duas

bom im de semana
um sorriso :) e um...até já'
mariam

Kafia 15 de fevereiro de 2009 às 00:33  

Sempre com os seus bons e lindos textos. Mas as fotos são tão bonitas... fofas ^^

Adrian LaRoque 15 de fevereiro de 2009 às 15:23  

Gato malandro este!

cris 15 de fevereiro de 2009 às 15:38  

E ficou mesmo, pin gente :)
Tens uma forma deliciosa de escrever para os mais piolhos. Imagino um grupo de garotos a ler. Dá vontade de a dizer, de os acompanhar, como se a cantássemos.
Parabéns às duas.
Gostei tanto!

Paulisha 15 de fevereiro de 2009 às 19:02  

Uma delicia estas "filhóses", que é como quem diz fotos e poema.
Beijinho e abraço

xistosa - (josé torres) 15 de fevereiro de 2009 às 23:25  

Ai quem me dera,
ter outra vez cinco anos,
ouvir belas histórias, (se souber ler, lê-las),
guardá-las para futuras memórias,
quando o tempo for mais curto,
e mesmo que as não ensaiamos,
sempre poderemos lê-las,
mesmo com a língua taramelada,
num qualquer recanto da Net,
ou no "estorias dabicharada"
E talvez com mais razão,
posso bem alto dizer,
a bom som e sem medo.
Que as estórias da H. Paixão, metem bichos,sem degredo,
que a Luísa Azevedo,
dá alma, corpo e coração.

Nem sei bem o que escrevi,
Saiu ao correr da tinta que esborratava o rascunho.

Por acaso, e foi só isso, vim a descobrir que as gatas também vão ás filhóses ...
~Talvez no infinito não se distinga uma mulher dum homem, ou melhor, um masculino dum feminino.
Como duas rectas, encontram-se ... lá naquele local que ninguém sabe, mas todos afirmam existir e fundem-se ...

E lá se vão as filhóses.

Só gostava de ter um olhar como o bichano ... teria o mundo a meus pés e não só um prato de filhóses ...

A beleza também ajuda o humor.
E duas beldades, uma escrita, outra pintada, originaram o quadro que descrevi ... ou tentei.

Gata Verde 16 de fevereiro de 2009 às 23:24  

Podia ser eu!!!
hehehehehehehehe

O teu gatinho é uma fofura...

cuentosbrujos 17 de fevereiro de 2009 às 09:05  

Jejeje, Una luz fantastica las de las fotografias he disfrutado mirando aqui
un saludo, regresaré sin duda
jooo quiero regresar a portugal¡¡¡
saludos

KrystalDiVerso 17 de fevereiro de 2009 às 09:35  

Gato!... Esse felino malandro. dezenas de gatos fizeram parte de grande parte da minha vida; dormia com eles, dormiam connosco. O animal que mais admiro, pelo seu orgulho, independência, e uma intuição misteriosa muito comparável muito semelhante ao mistério da mente feminina!...
Muito, muito agradável o poema e muito boas fotos deste gato malandro que até tem no olhar aquele brilho é costume ser-lhes fatal; a curiosidade, ora instintiva, ora brincalhona!

Obrigado pelas visitas e comentários que tem vindo a fazer no KrystalDiVerso. Aprecio quem comenta o que lê.
Muito em breve darei início à prosa do KrystalDiProsa. Espero que venha a gostar se, por acaso, por lá passar.

Desejo-lhes uma uma excelente semana!

Escolha entre... beijos e abraços

Ferreira-Pinto 17 de fevereiro de 2009 às 10:53  

Um bichano bem castiço, por sinal!

Quanto à viagem galega, como bom saltimbanco fotográfico que gosto de ser tanto posso rumar a norte como a sul. Logo se verá ...

aa 17 de fevereiro de 2009 às 12:17  

Olá Helena!
Mas que gato tão bonito...:)
Adorei o texto e as fotos... E pelo ar de 'atenção' e de 'satisfação' deste gato, não duvido nada que tenha ido às filhóses...:)
Continuação de boa semana...
Beijinhos,

AA

JOSÉ NEVES 17 de fevereiro de 2009 às 14:50  

Genial, este texto e as imagens já me conseguiram por a sorrir, sem dúvida uma dupla incencível.

Parabéns para ambos.

John 17 de fevereiro de 2009 às 17:26  

Very nice composed pictures. Very nice bokeh also. Well done, Helena!

Valentim Coelho 17 de fevereiro de 2009 às 17:59  

Olá Helena,
o gato foi bem "apanhado". Excelente foto.... mas faz-me lembrar o meu gato que desapareceu :(((

Beijos

Fernando Santos (Chana) 17 de fevereiro de 2009 às 23:46  

Olá Helena, belas fotos de lindo gato...belo texto...Excelente....
Beijos

Ifthikhar 18 de fevereiro de 2009 às 08:19  

Awesome Shots....
But i cant understand a word...becoz i dont know that language...
lovely Snaps..

Rui 18 de fevereiro de 2009 às 11:04  

Miga está uma delicia este conjunto. Como já disse de uma vez adoro este tipo de poemas (quadras)simples e bonitas, parabens pela vossa creatividade ás duas beijos

Marta 19 de fevereiro de 2009 às 10:38  

Diverti-me imenso ao ler esta história de alguém, esperto e se deliciou com coisas doces e boas...
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

Nilson Barcelli 19 de fevereiro de 2009 às 17:21  

eheheh...
Os versos da pin estão muito divertidos... ela tinha que mandar o gato às filhoses...
A tua foto é excelente. Gostei imenso.
Beijo.

paula barros 20 de fevereiro de 2009 às 02:33  

Ai, minha mãe faz filhóeses que são uma maravilha. Nunca comi com canela.

E estou com uma fome danada. rsrs

Carnaval dizem ser o período tradicional deles. Aí é assim?

obrigada pela visita. beijos

Calusarus 20 de fevereiro de 2009 às 05:02  

A nice young cat. Lovely in the sun

Zing 20 de fevereiro de 2009 às 05:27  

Great shots, very sharp.

Tatiana 20 de fevereiro de 2009 às 13:58  

Estou viajando hoje para aproveitar o feriado de carnaval.
Espero que você aproveite bastante!!!
Quando retornar venho lhe visitar!
Um beijo carinhoso

M. 21 de fevereiro de 2009 às 10:20  

Não está com cara de quem foi apanhado em seja o que for. Não está não. Está é todo vaidoso com uma "gaja" toda boa a olhar para ele e esticou-se levantando as orelhas em jeito de pose. Tudo para ela.

Super fim de semana com sol.

Beijo

Cadinho RoCo 21 de fevereiro de 2009 às 15:10  

Das voltas que dou eis que volto.
Cadinho RoCo

Mariz 21 de fevereiro de 2009 às 16:05  

Salvé menina dos olhos doces
1º - não tenho vindo cá, porque ainda não me refiz dum tsunami que me arrastou e penso que os seus efeitos ainda não acabaram.
2º - depois, para me distrair um pouco, mudei um pouco o blog e arrisquei um post para dia 14 que passou que me fez quase não comer e dormir durante 2 dias.
3º - Agora estou a dar umas voltinhas para visitar quem gosto e me deleito no que vejo/leio/sinto.
4º - Que querida história e as fotos são de pegar e levar ao cólo...
5º - agradeço o cuidado quanto á ajuda em tempos de reclusão no PC.
6º - Festinhas na carinha e no cabelo
Sempre...
mariz

Multiolhares 21 de fevereiro de 2009 às 19:27  

gatito goloso, muito parecida com a minha Diana, também gosta de bolinhos
beijinhos

Menina do Rio 21 de fevereiro de 2009 às 22:47  

Eu não sei é "filhós" mas tenho um gato e adoro ele. É a companhia mas doce e silenciosa que existe!

Um beijo pra ti

Ana Lúcia 22 de fevereiro de 2009 às 07:23  

Que doçura! :)

FERNANDA-ASTROFLAX 22 de fevereiro de 2009 às 17:02  

QUERIDA HELENA, É SEMPRE UM PRAZER RECABER A TUA VISITA E EU VOLTEI A REVER ESTA BELA POSTAGEM DOS GATOS... ADOREI AMIGA!!! UM GRANDE ABRAÇO DE AMIZADE,
FERNANDINHA

Carla Alves 22 de fevereiro de 2009 às 23:08  

Olá Helena,

Já cá tinha passado, mas na altura não me foi possível deixar um comentário (sempre a correr de um lado para o outro – já não tenho emenda!).

Adorei este poema – está o máximo: simples, divertido, muito expressivo.

Quanto à imagem – palavras para quê?! Adoro o teu trabalho! Tens imagens fantásticas!

Este teu blogue está de parabéns! É cada vez mais interessante passar por aqui!

Um grande beijinho Helena,
Carla

Mariz 23 de fevereiro de 2009 às 01:11  

minha querida
Grata pelas suas palavras....
Até pode parecer compensação mas não é...porque já a tinha nomeado...só que estava a ultimar os preparativos para a entrega dos óscares.
Se quiser pode dirigir-se ao palco e receber o seu galardão! - outro blog.
Sei que não exibe estas coisas...mas guarda numa caixinha onde quiser.
Beijos meus
sempre...
Mariz

BC 23 de fevereiro de 2009 às 09:46  

Segundo me apercebi, quem foi ao meu blogue, o que desde já agradeço, foi a Helena, autora das fotografias.
A escritora é outra, portanto depreendo que trabalham em parceria.
Por isso parabéns às duas, excelentes fotografias e um engraçado poema dos 7 aos 77 e poderá ir mais além depende dos olhos de quem vê e lê.
Eu já cá tive a uma vez pelas mãos ou pela indicação do Nuno Sousa um excelente amigo virtual,não obtive resposta e agora como estou fora estes dias vim rapidinho ver os mails e o nome não me dizia nada, mas agora já está tudo identificado.
E diverte-te nestes dias também, eu estou mais numa de descanso, sol e mar.
Beijo
Isabel

BC 23 de fevereiro de 2009 às 12:01  

Penso que o meu comentário não passou, ou não me apercebi e ficou guardado.
Pelo que vi trabalhas em parceria,com belas imagens cheias de vida e de cor, acompanhadas por belos textos.
Dizias para me divertir, pois estou mais numa de sol e mar no Alentejo.
Já tinha vindo aqui, há tempos pelas
mãos do Nuno Sousa, entretanto como não obtive resposta, não voltei, as voltas são muitas e nem semppre podemos dar o passseio completo.
Mas..... voltarei concerteza.
Beijo
Isabel

Fragmentos.Betty Martins 23 de fevereiro de 2009 às 15:18  

.________olá Helena



.tenho uma gata. I:GU:AL:ZI:NHA!!!



.as fotos são um "arraso"


de________beleza



.e





muitos parabéns.____à Luísa Azevedo e Pin-Gente. feitos




.bem na medida! excelente








beijO_____ternO

Emanuel Azevedo 23 de fevereiro de 2009 às 18:05  

Que lindo gatinho tão bem fotografado. Um abraço para ti e para o Nuno.

Vict9r 23 de fevereiro de 2009 às 20:25  

ja tinha ouvido falar neste blog mas ainda nao o teinha visto. Agora percebo o nome dele....

notasse que tens uma grande paixao pois por bicharocos

Jacqueline ҉ 23 de fevereiro de 2009 às 21:06  

São animais fantásticos,o que tem de traquina tem de amorosos :)

Atlantys 23 de fevereiro de 2009 às 21:37  

Parabéns Helena, não sendo fan de gatos fiquei aboslutamente "vdrada" com este bichano =)
Não sei se o gato ilustra bem o texto ou vice versa... De qualquer das maneiras é um excelente trabalho =)***

alexandrecastro 25 de fevereiro de 2009 às 21:08  

um belo poema ilustrado por não menos bela simagens...ou será que é ao contrário!!!
gostei
nj

joan 26 de fevereiro de 2009 às 19:56  

Vaya, veo que te gustan los gatitos, precioso, si es que son una monada.

gracias por tu visita.

Saludos

Anónimo 28 de fevereiro de 2009 às 18:15  

Muito boas fotografias!!

patrimonios.blog.com

joaofialho 1 de março de 2009 às 00:51  

Bem, o gato ficou óptimo nas fotografias.

Saudações.

pin gente 5 de março de 2009 às 23:02  

olá, lena

fiquei contente ao ler os comentários. é bom trabalhar com uma parceira com o teu gabarito. e parece a dupla agrada... eheheh, sou mais convencida que este teu gato.
beijos para ti e para todos.
luísa

tr3nta 12 de março de 2009 às 14:02  

just beautiful... brava.

Eulogio 21 de março de 2009 às 22:07  

Alucinante

Su Chua Phin 徐蔡斌 29 de julho de 2009 às 02:43  

cute ... greetings from cat city Kuching :)

Fotografias © Helena Paixão

Textos e poemas © Autores referidos em cada ‘post’

Fotografias, textos e poemas protegidos pelo Código dos Direitos de Autor

Postais de Paixão no Flickr

www.flickr.com
Esse é um módulo do Flickr que mostra fotos e vídeos públicos de Helena Paixão (busy, busy). Faça seu próprio módulo aqui.

Receba as actualizações deste blogue

Introduza o seu endereço de e-mail aqui:


Powered by FeedBlitz

Bichinhos carpinteiros

Bichinhos à espreita

  © Blogger template 'The Lake' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP