Bem-vindos ao “Estórias de Bicharocos e Bicharada”, um blogue dos 7 aos 77 anos

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Joãozinho reguila

Esta é a história do Joãozinho, um menino muito traquina e irrequieto. O Joãozinho é tão reguila que tudo lhe serve para brincar e pregar partidas. Gosta muito de se esconder e pregar valentes sustos à mãe. A mãe, coitada, dá sempre um grande pulo muito assustada quando ele salta detrás das portas, qual boneco de molas. E embora lhe diga que não a deve assustar, nem deixar os brinquedos espalhados pela casa e desarrumar as gavetas, entre outras traquinices, o Joãozinho volta sempre a fazer o mesmo.

Estarão a pensar “mas se neste blogue só entram estórias de bicharocos e bicharada porque aparece agora a história de um menino?”. É que este menino, de tão reguila e irrequieto que era, andava sempre a fazer marotices aos animais. O Tareco e o Pantufas, o gato e o cão lá de casa, já fugiam dele cada vez que o viam, depois de tantas vezes ele lhes ter feito maldades. O Tareco, com os seus grandes bigodes de gato, era o que sofria mais, o pobre!

- Miaaaaauuuuu! - berrava o Tareco sempre que o Joãozinho lhe escondia o peixinho do almoço. Mas o Joãozinho não o entendia. Não percebia que ele lhe dizia que estava cheio de fome e queria muito comer aquele peixinho.

- Au, au, aaaauuu, auuu! - lamentava-se o Pantufas quando recebia mais um valente puxão no rabo - “Assim magoas-me!” - queria ele dizer mas… o Joãozinho não o entendia.

Mas não pensem que o fazia por mal, não, fazia-o porque não percebia que os animais também têm sentimentos.

Um dia a mamã e o papá do Joãozinho levaram-no a passear ao jardim zoológico. O Joãozinho estava espantado com tantos animais, tão diferentes uns dos outros, uns muito grandes, outros muito pequenos. Estava muito feliz!

Ao passarem pelo recinto do tigre-da-sibéria o Joãozinho ficou espantado.

- Mamã, olha! Um tigre a lamber o outro, porquê?

- Então querido, é assim que eles demonstram que gostam muito um do outro. É a mesma coisa quando vens para o meu colinho e te faço muitas festinhas – explicou-lhe a mãe.

- Ah, sim?

- Sim.

Foram passeando pelo zoo. Os pais lá lhe iam explicando com muita paciência de onde vinha cada animal, qual o seu nome e o que comiam.

Estavam a ver os elefantes a brincar quando o elefante bebé, assustado com um empurrão de outro elefante, se foi aninhar junto da sua mãe.

- Mamã, parece que o elefante bebé está a pedir miminho à mãe como faço contigo quando me magoo.

- E está, Joãozinho!

O Joãozinho ficou pensativo e começou a prestar mais atenção ao que os animais faziam.

Quando passaram pelo recinto dos chimpanzés o Joãozinho ficou muito comovido.

- Oh, a mamã chimpanzé também dá colinho ao bebé dela e dá-lhe beijinhos nos pés como fazes comigo na brincadeira papá!

- Claro – disse o papá – os animais também gostam de brincar.

Quase a terminarem a visita ao zoo, o Joãozinho teve outra surpresa. Desta vez viu uma Mara a dar um beijinho, sim um beijinho!, ao filhote.

De regresso a casa os pais perguntaram-lhe o que tinha achado do jardim zoológico.

- Gostei muito! Obrigada mamã e papá, foi o melhor dia da minha vida. Hoje aprendi uma coisa muito importante.

- Uma coisa muito importante? Qual? – disse o papá.

- Aprendi que os animais também têm sentimentos, que também gostam de brincar… Não compreendia quando vocês me diziam que fazia muitas maldades ao Pantufa e ao Tareco mas agora… sinto vergonha e prometo que nunca mais o faço.

- Que bom – disseram os pais – percebeste que devemos respeitar os animais!

Texto de Helena Paixão (Todos os direitos de autor reservados)


Queres saber mais sobre os animais que participam nesta estória? Então vai ver:
Tigre-da-sibéria:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Tigre-siberiano
Elefante:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Elefante
Chimpanzé:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Chimpanz%C3%A9
Mara (ou Lebre-da-Patagónia):
http://pt.wikipedia.org/wiki/Mara_%28roedor%29

49 comentários:

tossan 20 de janeiro de 2010 às 01:58  

Espetacular Helena...Sublime! Fico aqui a imaginar onde a tua imaginação segue com tanto talento e sensibilidade! Beijo

alfacinha 20 de janeiro de 2010 às 06:53  

devemos dar espaço aos animais , vivem em opressão
cumprimentos

Madalena Soares 20 de janeiro de 2010 às 10:27  

Que ternura! Lindo!!!

Merce 20 de janeiro de 2010 às 12:13  

Rebosando ternura en cada palabra e en cada fotografia.

Que fermosura :)

Biquiños

PoL 20 de janeiro de 2010 às 14:55  

as fotos estão muy fixes!

Lenita Nabais 20 de janeiro de 2010 às 22:17  

Uma ternurinha de história do reguila Joãozinho, que faz diabruras! Uma grande lição de Vida, que apela aos sentimentos dos animais e ao modo como lidar com eles. Umas fotos de sonho, o Zoo, que faz o encanto das crianças e dos adultos!
Parabéns pela linda história e fotos da tua autoria:) Bjs e abraços:)

Adrian LaRoque 20 de janeiro de 2010 às 22:38  

Excelente texto e imagens.

aa 20 de janeiro de 2010 às 23:22  

Linda estória!!! Mais um belo texto escrito com sabedoria e muita sensibilidade!!!
E mais uma vez, acompanhado de umas belas fotos! Todas muito bem captadas, mostrando sempre um belo momento...
Muitos Parabéns Helena, por todo este teu talento...
Beijinhos,
AA

Remus 22 de janeiro de 2010 às 21:13  

Os Joãozinhos são sempre regilas! :-)
A história, como sempre é deliciosa.
As fotografias, perfeitas e conjugam-se na perfeição.
Parabéns.

Fernando Santos (Chana) 22 de janeiro de 2010 às 23:32  

Olá Helena, belas fotografias...bela história...Espectacular....
Beijos

Nilson Barcelli 23 de janeiro de 2010 às 00:10  

Fotos e texto ao teu melhor nível, isto é, excelentes.
Querida amiga, bom fim de semana.
Beijo.

Elena 23 de janeiro de 2010 às 14:38  

Los animales son los mejores profesores, nos enseñan tantas cosas! Perfecta tu história para educar a los más pequeños y a más de un adulto. Beijinhos.

Marta 23 de janeiro de 2010 às 16:09  

Que história linda, Helena...
Obrigada pela visita ao meu blog...
Claro que haverá mais poemas e estou mesmo a pensar num desafio para os meus comentadores responderem.
Espero que participe...
Beijos e abraços
Marta

Multiolhares 23 de janeiro de 2010 às 23:09  

Lindo demais não só as fotos como a história, talvez se muitos meninos e adultos fossem ao jardim zoológico aprendessem mais sobre os animais e os pudessem respeitar
beijinhos

Sônia Brandão 24 de janeiro de 2010 às 20:18  

São mesmo muito bonitas as tuas históriazinhas.
E essas fotos fantásticas as complementam muito bem.

bjs

mundo azul 24 de janeiro de 2010 às 21:49  

_________________________________

Suas histórias fazem-me retornar ao meu tempo de criança... Gostei demais! As fotos, maravilhosas!!!


Beijos de luz e o meu especial carinho, Helena...

___________________________________

ana lúcia 25 de janeiro de 2010 às 20:49  

pedagógica e maravilhosa história. das imagens achei uma ternura as últimas duas.

Valentim Coelho 25 de janeiro de 2010 às 22:40  

Ola Helena,
vejo que foi uma visita ao zoo bem interessante. Assim o joãozinho pode aprender mais sobre os bicharocos.
E claro foi uma visita que deu para tirar umas bonitas fotos.

Continuação de boas histórias,
Beijinhos

Ajay 26 de janeiro de 2010 às 03:18  

You have amazing skills in wildlife photography. The first photograph is just a masterpiece. :-)

Vieira Calado 26 de janeiro de 2010 às 04:25  

o macaquito está demais!...

Bjs

Ana 26 de janeiro de 2010 às 19:27  

Parabéns Leninha és mesmo especial!!!!
O texto está uma delícia, que faz bem ser lido a qualquer criança e até por adultos, pela grande lição que transmite.
Há tanta gente adulta que faz mal aos animais!!! Se digo isto sei do que estou a falar, infelizmente. Quando trabalhava houve uma cadelinha abandonada que por sinal lhe chamavamos "João" e que havia sido abandonada no Forte da Barra, onde fica situado o Porto de Aveiro.
Todos os dias havia quem lhe levasse comida e ela lá vivia debaixo de umas pedras grandes junto às mimosas. Um dia pariu uma ninhada, penso que seis cachorrinhos e qual foi o nosso espanto quando nos transmitiram que alguém perfurou todos os animais com um engaço ou outro objecto que usam na pesca, os filhotes estavam mortos e ela apesar de muito ferida estava em cima deles. Logo a levamos ao viterinário e hoje ainda vive em casa de uma Engenheira que trabalhava comigo.
Desculpa ter transmitido aqui este episódio real, mas há gente muito má.
As imagens que ilustraram o belo texto estão magníficas das quatro não sei qual gosto mais:-))
Um grande e doce beijinho,
Ana Paula

▒▓█► JOTA ENE 26 de janeiro de 2010 às 22:51  

ººº
Já perdoei os meus pais de me terem posto o nome de João, sou sempre motivo de histórias e anedotas, loool

Àparte isso, as fotos como sempre estão sublimes.

Bjos e abraços ao casal

Hellag 26 de janeiro de 2010 às 23:32  

um blog realmente dos 7 aos 77...fotos magnificas e estórias que não lhe ficam atrás...vou recomendar aos mais novos...e não só! parabéns, vou fazer link do meu, ok?
(mais tarde um livro!!!)

Sofá Amarelo 27 de janeiro de 2010 às 00:25  

Não só têm sentimentos como o planeta Terra é mais deles que dos humanos - eles não estragam nada, pelo contrário, vivem em harmonia e serenidade com a natureza! A Terra respirará de alívio quando o Homem for morar para outras paragens e isto ficar literalmente entregue aos... bicharocos!

Céu Vieira 28 de janeiro de 2010 às 16:52  

Parabéns Helena, não só pelas magníficas fotos como pelo excelente e educativo texto!....
EU AMO OS ANIMAIS!!!!!
Adorei esta postagem
Beijinhos linda!...

Gaspar de Jesus 28 de janeiro de 2010 às 21:54  

Olá HELENA
Estou envantado com estas bem ternurentas imagens de animais.
Tants lições que estes seres dão ao homem.
Quem dera que fossem aprendidas.
Bjs
G.J.

Leonel 29 de janeiro de 2010 às 19:00  

Excelente!Grande qualidade fotografica.Nem tenho palavras para tanta beleza. 5*****

Fatima Condeco 29 de janeiro de 2010 às 19:29  

um mimo de historia e de imagens, parabens

Lia 29 de janeiro de 2010 às 20:02  

Helena,

vim agradecer a visita e conhecer o(s) seu(s) cantinho(s) - gostei de passear por aqui!Que ternurentos:0)(h)istórias interessantes com fotografias fantásticas!Parabéns!

ah ,(18 de Maio tb é o dia de anos da minha filha :0))

Deixo um beijo e um sorriso :0)

Lia

▒▓█► JOTA ENE 30 de janeiro de 2010 às 23:29  

ººº
Só um aparte e respondi-te, embora lateralmente ao teu comentario...

... concordo plenamente com o teu comentario.

Enfim...

Óptimo Domingo!!

Sofá Amarelo 31 de janeiro de 2010 às 00:43  

Bom Domingo embrulhado nas Estórias dos Bicharocos e da Bicharada...

Muitos beijinhos!!!

One 31 de janeiro de 2010 às 01:57  

A maravilhosa história com imagens excepcionais! Parabéns !

Marco Reis 31 de janeiro de 2010 às 23:00  

Helena
Por incrível que pareça, a minha foto de eleição é a primeira, apesar dos restantes motivos serem bem mais difícies de encontrar por aqui...
Boa semana

William Alexander López 1 de fevereiro de 2010 às 03:57  

Muchas Gracias por tu visita, es un gusto enorme pasar por tu hogar virtual y ver tu trabajo
Te dejo mis saludos y un fuerte abrazo
William

Kichu $ Chinnu | കിച്ചു $ ചിന്നു 1 de fevereiro de 2010 às 06:49  

phew! enviable captures ! I always wanted to get a few wildlife snaps which look sooooo original

Xana 1 de fevereiro de 2010 às 20:25  

Obrigada pela sugestao...
Adorei o blog e as fotos são mesmo fantasticas!
Parabéns

Teresa Cristina flordecaju 2 de fevereiro de 2010 às 02:46  

Ah, Helena! Vir aqui é sonhar!! mas adorooo sonhos... Um beijo.

Unseen Rajasthan 3 de fevereiro de 2010 às 09:50  

Beautiful and fantastic post !! This is my favorite post !! Thanks for sharing..

Radka 3 de fevereiro de 2010 às 12:56  

Absolutely amazing photos, beautiful collage. Pictures are beautifully colored, they radiate warmth and beautiful love. Have a nice day, Radka.

pipocas 3 de fevereiro de 2010 às 23:36  

Adoro seguir o seu blogue.
As suas histórias são fantásticas e as fotos lindas.
Obrigada por ter aceite o meu convite.
Por motivos pessoais tive que restringir o meu blogue, porque por vezes há pessoas que confundem desabafos e sentimentos com afrontas e para não afrontar algumas pessoas, partilharei o meu blogue apenas com aquelas que conseguem ver a leveza e alegria da Vida. Mais uma vez obrigada.
Continue a escrever histórias lindas que nos fazem pensar e sonhar.

Su 8 de fevereiro de 2010 às 00:13  

Os Joãozinhos são sempre traquinas... haha...

Bjosss!

montse 9 de fevereiro de 2010 às 16:47  

Gracias por tu amable comentario en mi blog.
El tuyo me ha parecido muy interesante.Éstas imágenes de los animales son muy tiernas.
Un abrazo desde Barcelona.

Luis F 12 de fevereiro de 2010 às 16:32  

Um texto que merece ser lido, imagens que ficam em nós... uma comunhão perfeita e que merece de facto ser preservada e acompanhada.

Gostei muito de ter aqui regressado.

Com amizade
Luis

Adrian LaRoque 25 de fevereiro de 2010 às 22:34  

Maravilha, excelente trabalho.

Chica 26 de fevereiro de 2010 às 23:48  

Muito linda e doce tua historia! Um amor!beijos,chica

Miguel Almeida 27 de fevereiro de 2010 às 23:07  

Já não passava por aqui à algum tempo, mas sempre que venho fico...perdido nas estórias, nas fotos, nesta combinação perfeita que a cada linha, a cada foto me surpreende.

Nuno de Sousa 1 de março de 2010 às 10:25  

Maravilhoso... surpreendente e que bela história... mto bem escrito e bem ilustrada com as tuas fotos fantásticas...
Bjs grandes
Nuno

Prasanth Iranikulam 7 de março de 2010 às 13:29  

I love the first picture!
Good One.

A Luz A Sombra 10 de outubro de 2011 às 00:44  

Não chamem "selvagens" aos Chimpanzés. São violentos como, talvez nós fossemos, se vivêssemos no meio em que eles vivem necessitando de se defender e defender os filhos, do maior predador... o homem que ainda por cima se vangloria.
Os gestos deles mostram-nos uma ternura muito grandes pelos filhos, assim fossem todas as "mãezinhas" deste planeta.

Fotografias © Helena Paixão

Textos e poemas © Autores referidos em cada ‘post’

Fotografias, textos e poemas protegidos pelo Código dos Direitos de Autor

Postais de Paixão no Flickr

www.flickr.com
Esse é um módulo do Flickr que mostra fotos e vídeos públicos de Helena Paixão (busy, busy). Faça seu próprio módulo aqui.

Receba as actualizações deste blogue

Introduza o seu endereço de e-mail aqui:


Powered by FeedBlitz

Bichinhos carpinteiros

Bichinhos à espreita

  © Blogger template 'The Lake' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP